Na estrada para o Mato Grosso do Sul

12/11/2016

Mochilas e equipamentos prontos para mais uma longa Expedição pelos lugares mais bonitos do Brasil. O documentarista de natureza, Fernando Lara, inicia essa semana mais uma jornada de 3 meses registrando as belezas da Serra da Bodoquena e o Pantanal, no Mato Grosso do Sul. Locais que abrigam os maiores observatórios de animais selvagens do Mundo e uma quantidade surpreendente de belezas geográficas ainda pouco conhecidas pelo público. O projeto tem o apoio de BOTAS SNAKE

 

Fernando Lara não brinca em serviço. Só este ano já percorreu mais de um 30 mil quilômetros realizando Expedições. Em sua última jornada, saiu de Minas Gerais com destino ao Acre a bordo de uma Toyota Bandeirante Lobo Guará e de lá seguiu para registrar as belezas do Peru, Chile e Bolívia além de promover, com alunos, o Curso de Formação de Expedicionários.

 

O objetivo do projeto foi registrar os gigantes da biodiversidade da América do Sul, como o Pantanal do Mato Grosso, a Floresta Amazônica, tanto brasileira, quanto peruana; lago Titicaca, considerado um dos maiores e mais altos do mundo com mais de 8 mil quilômetros quadrados e acima dos 3 mil metros de altitude. Passou por temperaturas a 8 graus negativos nos Andes Peruanos, e pela hostilidade do deserto mais seco do mundo - Atacama. Na Bolívia, as estradas alternativas foram a alternativa para desviar dos bloqueios de trabalhadores mineiros que protestavam bloqueando as rodovias principais do País, obrigando os expedicionários enfrentarem mais de 2 mil km de terreno de puro off Road.

 

Bodoquena

Esta semana, mais uma jornada se inicia. Fernando Lara já está na estrada para um desafio mais de 2.000 quilômetros, de Ipatinga(MG) até a cidade de Bodoquena. O município é vizinho da conhecida Bonito e compõe uma das regiões mais bonitas em termos de beleza cênica existentes no Brasil. Há alguns anos, o documentarista de natureza encara o desafio de registrar pontos ainda selvagens, incluindo o batismo de algumas cachoeiras e cavernas existentes na região. O trabalho é realizado em parceria com empresários locais e o Conselho Municipal de Turismo e tem surtido resultados que incluem a divulgação do potencial do município para moradores locais e potenciais turistas.  

 

Cachoeira das Fadas -  local batizado pelo documentarista de natureza, Fernando Lara, em Bodoquena

 

Espírito Expedicionário

Os trabalhos para este novo projeto seguem até o final de janeiro. Além de percorrer pontos importantes de Bodoquena, Fernando Lara ainda ministra mais uma edição do Curso de Documentação e Comportamento em Selva, no Pantanal do Mato Grosso do Sul. Serão dez dias, aprendendo técnicas de registro de vida selvagem e comportamento de segurança em ambientes hostis

 

Sobre Fernando Lara

Fernando Lara é documentarista de natureza há mais de 16 anos com Expedições realizadas no Brasil e no Mundo. Entre os trabalhos de destaque, estão o encontro a menos de 4 metros de uma onça-pintada na Amazônia Brasileira; permanecer por mais de 40 dias isolado, sem ver nenhum outro ser humano, em meio a Floresta Amazônica Boliviana, em um trabalho para o Instituto Boliviano de Investigação Florestal; além da Expedição Rotas Verdes Brasil em que percorreu mais de 21 mil km de motocicleta, registrando 30 unidades de conservação de 20 estados brasileiros em 8 meses ininterruptos de Expedição. 

 

 

Please reload

Chegou o projeto V-ONÇA: ecoturismo de observação focado em onças-pintadas no Pantanal

June 6, 2017

1/8
Please reload

Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© Todos os direitos reservados

cadastur-logo.png