Como nasce um Expedicionário

 

 

Na última semana, entregamos ao Brasil mais uma turma de expedicionários formada no Curso de Documentação e Comportamento em Selva. Durante dez dias, usamos o Pantanal como Centro de Treinamento onde a força de vontade e o desejo de superação foram forjadas na alma de cada um dos membros do Grupo.

 

A 17a turma do documentarista de natureza, Fernando Lara, foi bastante peculiar. Um grupo formado por uma maioria esmagadora de sete mulheres e dois homens, dos quais um desistiu. Uma turma que enfrentou dez dias de chuva, picadas enlouquecedoras de pernilongos que transpassavam vestimentas, marimbondos, formigas, escorpiões e banhos na mesma baía de sucuris, piranhas e jacarés. Um grupo que enfrentou botas e roupas molhadas que não secavam, bolhas nos pés, enfermidade vindas da cidade. Que aprendeu que mesmo na superação é necessário respeitar os limites do corpo e permitir o cuidado dos outros quando necessário.

Conhecendo os pontos de observação - Foto: Edlayne de Paula 

 

Como é prazeroso desmistificar cada medo advindo da cidade. Fazer descobrir que cada barulho e cada avistamento de um animal não é um enfrentamento e sim um grande presente dado pela natureza. Ensinar que cada barulho e rastro pode ser lido e identificado. Que cada conforto pode ser conquistado e que o trabalho em equipe faz toda diferença no campo.

 

MEDO É MORTE EM VIDA. Quando cada um absorve a essência dessa filosofia surge o prazer no avistamento dos arco-iris (foram vários, por sinal). Surge as lágrimas em cada visita do casal de arara-azul no quintal do acampamento. Sentimos o coração bater forte no banho com os jacarés e piranhas às onze da noite. Nos emocionamos com as pequenas gentilezas das famílias que nos recebem.

 

 Por Edlayne de Paula

Foto: Edlayne de Paula 

 

Muita gente confunde o Curso de Documentação e Comportamento em Selva como um treinamento militar. Não é essa nossa intenção. Nossa proposta é preparar todos os alunos para as mais diferentes adversidades de um trabalho de campo, seja na floresta, na praia, na montanha ou no deserto. Treiná-los para buscar soluções quando um problema insiste em consumir todas as energias. Que cada foto bonita de animal possui um preço, que não é mensurado no valor monetário, mas em cada gota de suor, cada medo enfrentado. É descobrir que cada esforço é sempre recompensado.

 

EU SOU O GRUPO, sua perna é minha e vamos cuidar dela se precisar. É NATURAL! “Aqui é vida real”. Mais uma vez agradecemos a todos que confiaram no nosso trabalho. Estamos orgulhosos de cada um de vocês: Aline, Juliana Morena, Juliana Loira, Pablo, Ananda, Michella, Gislaine e Alice. Viva vocês! Viva Expedições!

 

Sobre

Curso de Documentação e Comportamento em Selva - Expedição Pantanal Sul. Promovido pela Rotas Verdes Brasil e ministrado pelo documentarista de natureza, Fernando Lara. De 8 a 17 de janeiro de 2015 na Estrada-Parque Pantanal (MS)

 

Inscreva-se e participe das próximas edições

 

 

 

Please reload

Chegou o projeto V-ONÇA: ecoturismo de observação focado em onças-pintadas no Pantanal

June 6, 2017

1/8
Please reload

Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© Todos os direitos reservados

cadastur-logo.png